FANDOM


B-Dab é uma empresa de bandas desenhadas mundialmente famosa. Os seus participantes principais são:

- Gabriel Marques (Fundador e escritor)

- Henrique Matos (Fundador e escritor)

- Gonçalo Pina (Fundador e escritor)

- João Coelho (Escritor)

- Manuel Louro (Escritor)

- António Coutinho (Escritor)

Basicamente, todas as semanas um dos escritores da B-Dab escreve uma pequena história, para depois ser enviada para a B-Dab Company, onde é analisada, e enviada para o Gabriel Marques, que a adapta para uma banda desenhada pertencente à B-Dab.

Para uma lista completa de B-Dabs, clica aqui.

História

Tudo começou numa quarta-feira de manhã, dia 4 de Janeiro, quando Gonçalo Pina mandou um pontapé no telemóvel novo do Krav Maroja, partindo-o. No dia seguinte (5/01/2017), na aula de geografia, Henrique Matos escreveu uma história sobre o assunto. Mostrou-a ao Gabriel, e o mesmo pensou "Isto ficava mesmo bom em banda-desenhada." Então passou o resto do dia a trabalhar no seu pequeno projeto, e, na segunda-feira seguinte (9/01/2017), apresentou-a ao Henrique, que adorou. Entretanto, Gabriel escreveu outra banda desenhada, com a história inventada por ele mesmo. E na quinta-feira seguinte, o Henrique quis escrever outra história. E o Gabriel adaptou-a para banda desenhada, mais uma vez. Decidiram então criar uma empresa. Mas, primeiro, precisavam de dar um nome à marca, e às três primeiras bandas desenhadas. Nasceram assim as B-Dabs, junto com "O Dia em que o Pina Tentou Testar os seus Reflexos", "As 3 Vinganças", e "A Luta do Focado". Desde então, todas as semanas, na quinta-feira, Henrirque Matos escrevia pelo menos uma história, para o Gabriel a desenhar durante o resto da semana.

Pina viu o sucesso que as B-Dabs estavam a fazer, e quis entrar também, escrevendo uma história passada no futuro, chamada "Operação - Destruir Sindicato". Gabriel aceitou a história com todo o gosto e iniciou rapidamente a adaptação.

Na quinta-feira seguinte, o Gabriel pediu ideias ao Manuel Louro e ao Gonçalo Pina para escrever uma pequena história, diferente das outras. Com essas ideias "atiradas ao ar", nasceu a primeira Curta-Metragem da história da B-Dab, "A Encomenda".

Numa quinta-feira, algumas semanas mais tarde, Manuel escreveu as suas primeiras histórias, "Aves", e "Riogo Jorp - O Gémeo Malvado", respetivamente, enquanto João escrevia a primeira Bd-Dab, "O Furto II". Gabriel ficou espantado com toda a colaboração da sua turma, e desenhou as B-Dabs todas, o mais rápido que conseguia.

Foi uma grande alegria para o Gabriel e para os outros escritores da B-Dab quando conseguiram chegar à B-Dab #25. Gabriel decidiu comemorar a data escrevendo uma B-Dab diferente e misteriosa, com um nome igualmente estranho, "Tan-tan-ran-tan-tan-ran-tan!", que marcou o fim da primeira temporada de B-Dabs.

A segunda temporada começou com "A Verdadeira História de James Cardoff", escrita por Gabriel Marques, com grande apoio do seu colega Gonçalo Pina. E, após muito tempo de trabalho, os "B-Dabers" alcançaram a grande meta de 50 B-Dabs. A B-Dab #50, uma Super Edição Especial, chamada "A Gala Pina", com dois bónus super especiais, o Filme B-Dab, e uma continuação estranha da B-Dab #25, chamada "Doo-bee-doo-bee-doo-ba-doo!".

E foi então, em 2017 que se deu início à terceira temporada de B-Dabs, com a B-Dab #51, "Pina no SnapJajon", uma das histórias com o maior sucesso da história da banda desenhada. Por agora, a terceira temporada ainda está sob construção.

Em Dezembro de 2017, Gabriel Marques usou um programa de arte profissional para reconstituir B-Dabs para as suas Versões Digitais. Reescreveu a primeira B-Dab, e por enquanto está previsto que todas as B-Dabs ganhem uma Versão Digital.

B-Dab! Em Números

Galeria

B-Dab!/B-Dab Company

Personagens

Trivia

  • O nome "B-Dab" surgiu da junção da palavra BD (Banda Desenhada), e Dab, um gesto popular que simboliza a espectacularidade. Apesar do nome "B-Dab" ser só por si incrível, há países em que a empresa se vê com o nome alterado, para se adaptar à língua.
    • No Brasil, o nome da empresa é HDQ!.
      • Apesar disto, na B-Dab "B-Dab! No Brasil", as B-Dabs são chamadas de G-Bads.
    • Nos EUA, Alemanha, Austrália, Canadá, e Reino Unido, o nome é C-Dab!.
    • Em Espanha, o nome das B-Dabs é Dabujado!.
    • Na Coreia do Norte, a empresa chama-se 만화-가볍게 (Chae-G-Edude).
  • Apesar de a B-Dab ter sido fundada em 9 de Janeiro de 2017, a data 14 de março (14/03), celebra o Dia Mundial da Banda Desenhada.
  • Depois da B-Dab #13 , houve um grande espaço de tempo em que as produções desceram miseravelmente, tirando a motivação dos escritores. Mas com a B-Dab #14 (Pina - Fora de Jogo (e Fora da Equipa)), tudo foi salvo e a B-Dab continuou com o seu sucesso.
  • No logótipo oficial da marca, o ponto de exclamação no final da palavra B-Dab tem um formato meio irregular, que simboliza o "pauzinho" em cima da laranja "Ginger".
  • A primeira palavra dita na B-Dab (além das didascálias), foi "Grub!". A partir daí essa palavra pode ser vista em todas as B-Dabs, incluindo nas Curtas-Metragens.
  • A primeira personagem desenhada numa B-Dab foi o Pina.
  • A B-Dab com o nome mais curto, é, (sem contar com as curta-metragens) "Aves", e, (contando com as curtas), "O Ok", e "A BD".